Com uma vasta história e monumentos deslumbrantes eleitos patrimônio da UNESCO o norte de Portugal abriga muita riqueza cultural, gastronómica e arquitetónica. A cidade do Porto, famosa pelas suas ladeiras, povo acolhedor e opções de lazer sem fim, é considerada o segundo maior centro de Portugal –  fica atrás apenas de Lisboa.

Com tantos adjetivos, é fácil entender porquê que a cidade está entre os destinos mais procurados dos turistas. O Porto mudou muito nos últimos anos com um volume maior de visitantes, a cidade rejuvenesceu – muitos prédios antigos foram remodelados e as ladeiras ganharam mais cores.

Investir na “invicta”, como é conhecida, pode ser muito rentável, não só por ainda ter muita margem de crescimento, mas também por ter prédios históricos à espera de ser reabilitados. Posto isto apresentamos 5 razões para investir nesta cidade:

1- Posição estratégica

Portugal tem uma posição bem estratégica no mapa: fica na porta de entrada da Europa e, ao mesmo tempo, próximo da África e da América do Sul. Portugal teve 15 milhões de visitante estrangeiros em 2018, e recebeu 24 milhões de turistas em 2019. O Porto, mais especificamente, tem um tráfego aéreo muito bom, além de ter importantes ligações por via terrestres ou marítimas, facilitando, assim, a entrada e saída de muitos turistas.

2- Aumento no turismo

Depois de ser considerado “O melhor destino Europeu” em 2012, 2014 e 2017,  o Porto recebeu um aumento expressivo de turistas. E com o crescimento na procura por Alojamento Local, muitos prédios foram remodelados e o centro da cidade está renovado. Além disso, é possível encontrar novas opções de restaurantes, bares e cafés. Com a cidade com mais vida e em desenvolvimento, certamente, é uma grande oportunidade de negócio.

3- Opções vasta de lazer

O Porto agrada ao mais variado público, é possível encontrar passeios para todas as idades e bolsos! Como a cidade é jovem, já que abriga uma das universidades mais importante do país, muitos procuram aproveitar a vida noturna local. Já os mais pacatos, podem desfrutar da variedade de diferentes restaurantes e bares que a cidade dispõe. 

4- Preços acessíveis

Em comparação ao resto a Europa, Portugal ainda pratica um preço muito mais acessível em termos de alojamento e gastronomia, o que acaba por atrair muitos turistas. Em relação ao mercado imobiliário, o Porto continua a apresentar preços médios mais acessíveis do que em Lisboa. O preço médio na região do Porto ronda actualmente o 1612 € o metro quadrado, sendo Campanhã é a freguesia mais barata do Porto com preços médio de 1025€/m2.

Enquanto que o preço médio por metro quadrado em Lisboa ronda actualmente os 3010 € (algumas regiões ultrapassam os 4000 Euros o metro quadrado), sendo a freguesia mais barata Santa Clara com cerca de 1969€/m2. 

Para quem quer renovar e comprar prédios ou apartamentos em áreas com construções que datam antes de 1951, o governo dá diferentes incentivos, o que pode tornar-se muito atraente para investidores.

5- Infraestrutura

A rede de transportes públicos funciona muito bem, com as ligações entre as cidades de fácil acesso, o Porto possui uma infraestrutura hoteleira relevante e, além disso, o Aeroporto do Porto é considerado um dos melhores aeroportos europeus.

O Porto possui as duas estações de comboio mais importante do norte do país, Estação de Campanhã e a de São Bento, que abrigam comboios nacionais e internacionais. 

A Porto tem muito para oferecer e crescido muito nos últimos anos, a ponto de tornar-se uma cidade inserida no circuito europeu. Neste sentido caso queira investir na cidade do Porto, podemos lhe ajudar a maximizar o seu investimento.

A Lovelystay gere actualmente 79 propriedades de alojamento local na cidade do Porto, conseguimos de garantir que nossos proprietários recebam um aumento de 40% em suas receitas obtidas anteriormente. Se gostaria de aprender mais sobre esta oportunidade única e o que temos para oferecer; entre em contato conosco agora!

Escrito por: Carolina Santarosa

Deixar uma resposta